Meu Emagrecimento

LilySlim Weight charts

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A Encantadora de Bebês

Bom,

Já que minha amiga Ju deu a dica, amei e já peguei. Como seguidora da Tracy Hogg, não dá pra deixar de falar no livro "Encantadora de Bebês".

Quando eu engravidei, em julho de 2009, via o meu maior sonho ser concretizado. Comecei então a pesquisar e comprar coisas pra minha gestação. Uma das primeiras coisas que comprei foi um livro entitulado "A Encantadora de Bebês resolve todos os seus problemas", um livro de capa rosa, bonito, com uma moça e duas crianças no colo. Me encantei e encomendei através do site Americanas.com. Claro que esse livro foi presente do maridão, né?! E quer saber? Foi a melhor coisa que fiz.

O livro chegou uns dias depois e comecei a ler. Gente, fiquei maravilhada. Amei o livro e aprendi muito sobre os bebês. E sabe o que mais? As idéias dela batiam com as minhas... eu sempre cuidei de criança e sempre observei o modo como os pais criavam seus filhos, então, já tinha minhas próprias opiniões do que era bom e do que não era. As idéias da Tracy Hogg e da Melinda Blau, escritoras do livro, caíam como uma luva pra mim. Lógico que, tem coisas que eu não vou fazer, não vou usar ou não concordei muito - esses detalhes sempre existem. Mas o básico do livro eu vou usar. Então, vamos aos pontos principais:

Estabelecer uma rotina para o bebê - Pense comigo: todos os dias, qual a primeira coisa que vc faz após levantar-se?? E porque vc faz isso?? Simples. Rotina. A rotina, às vezes, torna-se cansativa, aí a gente muda ela de vez em quando. Mas em geral, a rotina faz bem, pq a gente sabe o que vem depois. Com o bebê é a mesma coisa. Quando no ventre da mamãe, o bebê recebe alimento, dorme, brinca, tudo ao mesmo tempo. Ele tá lá quentinho e protegido e nada pode assustá-lo ou tirá-lo dessa rotina. Mas quando ele nasce, tudo fica de pernas pro ar. Ele não sabe quando a comida vai vir e se ela não vem, ele chora. Ele não sabe qual a hora de dormir e se não dorme, chora. Ele sente uma dorzinha esquisita na barriga que antes não existia e chora. Ele se assusta com um barulho forte e chora. Enfim, ele fica sem rotina. Partindo desse ponto, a Tracy entendeu que a primeira coisa que se deve fazer quando um bebê nasce é estabelecer uma rotina. Rotina, não cronograma. Afinal, de segunda a sexta eu escovo os dentes pela manhã por volta de 8h, mas no sábado eu faço isso às 10h. É minha rotina, mas não tem horários fixos (cronograma). Então, para facilitar a idéia dessa rotina, a Tracy criou uma sigla em inglês que nos faz lembrar de cada coisa que o bebê precisa: EASY - Eating (Comer), Activity (Atividade), Sleeping (Dormir), Yourself (Você).

Método EASY - Então, é mais ou menos assim. O bebê vai ser alimentado, depois vai brincar um pouco ou tomar banho ou qualquer outra atividade, para só depois dormir. Isso faz com que o bebê não veja o ato de mamar como algo ligado ao sono, o que para mim, é o pior erro que uma mãe comete. Claro que existem exceções, tipo: se o bebê tá doente, se ele é prematuro, essas coisas. Mas um bebê saudável não pode atrelar o dormir com o mamar e vice-versa. Isso faz da mamãe uma escrava e estou falando por experiência. Já vi isso acontecer com amigas e tô vendo isso acontecer de novo....

Depois, ela destrincha cada parte do EASY no decorrer do crescimento da criança, explicando como funciona a alimentação, quanto tempo de duração, quanto o bebê ingere; como ensinar o bebê a dormir sozinho, a aprender a se acalmar sem a ajuda dos pais, a desenvolver segurança; e por fim, mostra que se vc tem um bebê na rotina, vc terá tempo livre pra vc. A idéia é boa, né?! Ela ainda explica nesse livro rosa outros detalhes, tipo: como diferenciar os choros do bebê, as personalidades dos bebês (sim, cada bebê tem um jeito de ser e isso influi na rotina), as coisas que faz o bebê sair da rotina, os tipos de dor que o bebê pode sentir, a paternidade acidental, a superestimulação, entre outras coisas. Enfim, um livro que vale a pena ser lido.

Então, eu digo mesmo: se vc tiver a oportunidade de comprar, compre. Tenho certeza que vc não vai se arrepender. Não digo que é pra vc se tornar um escravo do EASY e fazer tudo como manda o livro. Não. O EASY existe para facilitar e não para escravizar. Não seja radical!! Mas o EASY pode ajudar muito, principalmente aqueles que como eu, serão pais de primeira viagem. E tb nem tudo do livro vc pode querer usar, talvez, alguma coisa não te agrade. Mas assim como a Bíblia ensina: "Retém o que é bom", o resto vc descarta.

Eu vou colocar o Noah na rotina desde o primeiro dia em casa. Para isso, meu esposo tá lendo o livro, depois minha mãe vai ler tb e até minha sogra. Todos que de alguma forma podem ter um contato maior com ele. Assim, quem vier a minha casa, terá que respeitar a rotina estabelecida. Nada de acordar meu filho só por acordar. Nã-não.

Bom, quem quiser saber mais coisas, minha amiga Thais colocou num blog as principais idéias da Tracy, com as alterações que ela fez na prática com o filho dela, o Paul. Vc pode dar uma espiadinha em: http://encantadoradebebes.blogspot.com/ , mas já adianto que o livro é diferente, ok?!

Outra coisa: são dois livros principais. O livro azul "Os segredos de uma Encantadora de Bebês" e o rosa, que já falei. O primeiro fala mais sobre o EASY em si. O segundo, fala do EASY e de várias outras coisas. Então, eu sempre indico o rosa.... mas se puder comprar os dois, ok.

Espero ter contribuído de alguma forma com essa dica. Sei que pra algumas amigas tá bem em cima da hora, mas a Tracy diz que até as 6 semanas de vida, ainda é bem tranquilo colocar a criança no EASY, então, dá tempo. Mas isso não quer dizer que não dê pra colocar crianças mais crescidas, ok?! Dá sim, e no livro rosa, ela explica como.

Quando o Noah nascer, vou colocar aqui minhas experimentações e experiências. Mas por enquanto, vamos trocando idéias, ok?! Se alguém mais já leu ou ler o livro daqui pra frente, pode colocar nos coments dos próximos posts, que a gente discute a idéia, valeu?!
Bjsss

8 comentários:

Menina dos Olhos de Deus disse...

Oi Pri!!! Eu dei de presente a minha irmã o livro azul, e ela gostou muito! Mas, é claro que já vou pegar emprestado e ler também!
Bom fim de semana
abraços
Rafa

Juliana Fernandes disse...

Oi, Pri!! Que bom que fez o post. Muitíssimo útil. Eu li o blog da sua colega e adorei. Agora vou comprar o livro. Sou fã da tese da rotina para ter um bebê mais adaptado e calmo. Mas, enfim, tudo sem radicalismo, ne!
Beijos da
Mamãe Ju

Fatima disse...

Também tenho esse livro, mas ainda não comecei a ler, estou nas leituras para grávidas ainda, rsrsrs, depois é que passo para os livros de mamães, rsrsrs... tá passando tão rápido que é melhor rever essa ideia, né, rsrsrsrs

Beijos!!!

Vanessa Cavasotto Leite disse...

Oi Pri! Eu ganhei o azul e vou tentar seguir uma rotina tb, apesar q primeiro filho tudo é imprevisível né? Espero conseguir. Esse tipo de leitura nos deixa certamente mais seguras. Vamos trocar muitas figurinhas! Beijos Nessa e Lucas

Gi-mamãesaudável disse...

to terminando a leitura do livro azul....TODOS os segredos da encantadora...rsss
amei o livro e vou reler...
vou procura rsaber mais sobre o rosa, conforme for eu compro....

a sarah entrou na rotina sem medo e sem estresse, é a forma como ela coloca as coisas....

meu bebe é o "bebe anjo"!!!!rssss

bjs

Cyy disse...

vou já procurar esse livro pra comprar e ler ,mt boa a dica :D
bjusss p vc e Noah!

Mummy Brown disse...

Ai eu quero este livro, ja tinha ouvido falar, mas nao com tanto detalhe como vc colocou. A minha psicologa me fala muito sobre conhcer a linguagem do bebe. Sou fa de rotina, se bem que nao tenho muita rotina nao, no Brasil tinha mais. Parece que as horas aqui passam mais rapido quase nao da tempo para fazer nada no dia. Bjos

Edna Fernandes disse...

Oi Pri adorei o seu blog, quem me apresentou ele foi a Cintia rsrsr.
Já ouvi falar muito desse livro, parece ser bom vou comprar tb!!
bjs

Minhas Visitas